Projeto do Deputado Marquinho Viana que institui o Dia da Santa Irmã Dulce dos Pobres é sancionado pelo governador

Quarta - 04/09/2019 - 09h00
Foto: Divulgação

Em 1914 nascia em Salvador, Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, a mulher que entrou para o coração do Brasil pela sua dedicação ao próximo, com o nome Irmã Dulce. Sua trajetória foi marcada pelo trabalho junto aos necessitados, construindo uma obra assistencial das mais respeitadas da história recente do país. Após sua morte, em 1992, casos extraordinários de curas milagrosas lhes foram atribuídas fazendo com que o Vaticano iniciasse o processo de canonização da freira baiana. Em reconhecimento ao seu legado de virtudes e trabalho, o deputado Marquinho Viana encaminhou junto a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia o projeto que institui o 13 de outubro, data da canonização da freira, o Dia da Santa Irmã Dulce dos Pobres. Nessa terça-feira, 03, o governador Rui Costa sancionou esta proposição na forma da Lei Estadual No 14.119. A partir de desta data, todo 13 de outubro será oficialmente o dia de celebração à primeira Santa do nosso estado, a Santa Irmã Dulce dos Pobres.