Deputado federal do DF é acusado de aplicar golpes milionários

Segunda - 09/09/2019 - 10h00
Foto: Divulgação

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) é acusado de aplicar golpes milionários em pessoas que aceitaram se tornar sócios dele em supostos negócios no Estados Unidos. O caso foi divulgado em reportagem do "Fantástico", da Rede Globo, ontem (8). A reportagem revelou que 25 pessoas dizem ter sido vítimas de Luis Miranda. Onze deles gravaram entrevista e nove preferiram não se identificar, porque disseram ter medo do deputado.  O empresário Sandro Silveira Antonalia relatou que teve um prejuízo de cerca de R$ 150 mil. “Minha surpresa é que, de tudo o que ele prometeu, não aconteceu nada”, disse. Outro empresário, que preferiu não se identificar, disse que acreditou em Luis Miranda quando ele começou a vender franquias da clínica de estética Fitcorpus. “Ele ficava com todo o lucro, praticamente. A gente dependia dele para o aluguel de máquinas e era onde realmente se ganhava dinheiro, que era com os equipamentos de laser”, afirmou. Depois de quatro meses, a franquia fechou, e até hoje, Luis Miranda não teria quitado com o que devia. “A gente ficou com um prejuízo de cerca de R$ 200 mil”, disse o executivo. À reportagem, o deputado negou ter aplicado golpes nos sócios e culpou ataques virtuais que, segundo ele, tinham como um dos objetivos tirá-lo do mercado de cursos online. “Foi minado o capital por causa desses ataques. O faturamento despencou, caiu em 90%. Infelizmente, existem pessoas mau caráter. E esse não sou eu. Estou aqui de cara aberta querendo resolver os meus problemas. E resolvendo todos da forma mais correta possível, dentro da lei”, declarou.