MPF diz em parecer ao STJ que Lula pode ir para regime semiaberto

Terça - 11/06/2019 - 08h00
Foto: Divulgação

Um pedido de nulidade do processo que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi incluído na pauta de hoje (11) da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). O processo era analisado pelo plenário virtual, porém, a pedido de Gilmar Mendes, foi transferido para o físico. O julgamento pode também ter como desdobramento eventual a soltura do ex-presidente, no momento em que a Lava Jato e o ministro da Justiça Sergio Moro estão no centro do vazamento de conversas relacionadas à operação. Além de Gilmar Mendes, integram a Segunda Turma do STF Celso de Mello, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia e Edson Fachin.