Irmãs que desligaram aparelhos do irmão no Hospital Regional de Guanambi irão responder em liberdade

Quinta - 07/11/2019 - 07h30
Foto: Divulgação

A juíza Adriana Bastos, expediu, na última segunda-feira (04), o alvará de soltura das duas irmãs, Zelita Pereira Neves e Marliete Pereira Neves, que desligaram os aparelhos que mantinham o irmão vivo na emergência do Hospital Regional de Guanambi. A defesa alegou que elas são réus primárias e não representam risco ao andamento do processo. As duas irão responder ao processo em liberdade. O caso ganhou grande repercussão. As irmãs acreditavam que o irmão seria curado através de um milagre divino.